Estudar

Saiba Como Fazer Um Mapa Mental

Na hora de estudar ou começar um projeto novo, você acaba consumindo muitos materiais e, nem sempre, nosso cérebro consegue absorver todo aquele conteúdo que a gente está estudando. Com isso, o mapa mental surge como uma ferramenta para te ajudar a assimilar todo esse conhecimento.Se você ainda não ouviu essa expressão ou não sabe do que estamos falando então vamos te explicar hoje o que é um mapa mental e como que você monta um!

Mapa mental: organizando seus pensamentos de forma visual! 

Apesar de parecer algo recente, a técnica do mapa mental existe desde 1960, quando foi criada por Tony Buzan. A técnica de estudo consiste em transformar todo o conteúdo de estudo ou profissional que você está adquirindo em algo visual, te ajudando a fazer conexões, memorizar informações e assimilar tudo o que está aprendendo.

Para isso, você utiliza vários recursos visuais, como cores, setas, símbolos, gráficos e ramificações. 

Por exemplo, vamos supor que você está estudando sobre algo relacionado à história de algum período. Ao invés de só ler um livro ou artigo, por exemplo, você vai pegando aquelas informações e vai mapeando em um papel ou quadro os principais acontecimentos e os ligando à datas, pessoas e consequências. Assim, você consegue visualizar o que estudou e terá mais facilidade em não só memorizar mas aprender aquele conteúdo. O mesmo vale no seu ambiente profissional, principalmente se você está aprendendo uma nova técnica ou estruturando um novo projeto. 

E como eu monto meu mapa mental? 

Antes de tudo você precisa ver onde irá fazer o seu mapa mental. Algumas pessoas preferem fazer em uma folha sulfite ou cartolina enquanto outras fazem no computador. Se o mapa for físico, já separe post-its, canetinhas e adesivos. Se for no computador, pode usar o Powerpoint. 

Em seguida, você vai selecionar um tema que quer estudar, e pode ser tanto alguma matéria que você vai fazer prova ou uma ideia nova para seu trabalho. 

No centro do seu mapa você vai colocar o tema central do que você está desenvolvendo e através de setas e linhas irá puxar assuntos que estejam ligados à esse tema. Para facilitar, use poucas palavras. Aí você pode usar cores, figuras e símbolos para ilustrar e te ajudar a associar tudo. Lembrando que não existe um certo ou errado, o mapa tem que ser algo adaptado à você e suas necessidades, ok?

E para te ajudar, vamos colocar aqui três sites que te ajudam a criar seus próprios mapas mentais. E fique tranquilo, apesar de terem pacotes pagos, todos possuem versões gratuitas para você usar! 



 

 

Como a prática leva à perfeição, então que tal começar agora mesmo o seu primeiro mapa? Se ficou com alguma dúvida, é só falar pra gente aqui nos comentários que iremos te ajudar!