Estudar

Tipos de graduação: saiba qual escolher após o ensino médio

por Jessica Fradique

Quando chega o final do ensino médio, alguns jovens já têm em mente o que querem fazer dali em diante, porém, nem todos ainda pararam para pensar sobre o assunto ou ainda têm dúvidas sobre os caminhos que podem seguir. Para te ajudar, vamos te mostrar os tipos de cursos e graduações que podem ser feitos após o ensino médio. Bora conferir?

O que é uma graduação?

Antes de falarmos sobre o assunto, é importante entender o conceito do que é uma graduação. Muito além de um curso onde você aprende uma profissão, uma graduação é uma formação profissional completa, onde você terá aulas e matérias específicas, tanto práticas quanto teóricas, para que esteja habilitado a exercer uma profissão que exija essas habilidades. Ao entrar em uma graduação, você recebe todo o material, base e práticas para exercer dentro da sua área escolhida.  

Quais os tipos de graduação que existem?

De acordo com o MEC (Ministério da Educação), existem três tipos de graduação em nosso país, que são: bacharelado, tecnológico e licenciatura. Vamos falar um pouquinho sobre cada um deles!

Bacharelado

O bacharelado é o tipo de graduação mais tradicional que existe e costuma ser a primeira opção da maioria dos jovens após o ensino médio.

O bacharelado é focado em uma área específica e na sua duração (que dependendo do curso pode ir de 8 a 10 semestres) possui matérias abrangentes sobre a profissão que você deseja exercer no futuro. Outro ponto é que o estudante de bacharelado precisa cumprir com um estágio enquanto está no curso. 

O bacharelado é uma boa opção para quem quer atuar em uma área específica, porém, ainda não sabe exatamente em qual vertente dessa área. Por exemplo, um profissional de comunicação pode atuar em várias frentes voltadas à comunicação dentro de uma empresa como redação, edição, planejamento e conteúdo.

Tecnológico

Muitos confundem o curso tecnológico com curso técnico. O curso técnico não é uma graduação, já o tecnológico sim. Diferentemente do bacharelado, os cursos tecnológicos são mais específicos e suas matérias são mais focadas de acordo com a área escolhida.

Outro ponto de diferenciação do bacharelado é o tempo de duração do curso tecnológico, que costuma levar uma média de quatro semestres para conclusão. O estudante desse tipo de graduação também é um universitário e tem os mesmos direitos previstos por lei. Esse tipo de graduação é indicada para quem já atua em uma área específica e se especializar em algum nicho ou para quem já sabe o que quer fazer em sua vida profissional.

Licenciatura

A principal diferença entre licenciatura e os demais cursos é o público a quem ele é destinado: ele não te forma para uma área, mas capacita profissionais a darem aulas sobre os seus temas de aptidão. Além de matérias específicas, a licenciatura entra com técnicas para que os, até então, universitários, estejam aptos a repassar conhecimentos para outros estudantes. Assim como no bacharelado, é necessário ter um estágio para a conclusão do curso. Esse tipo de graduação é voltada para profissionais que querem dar aulas no ensino básico e seu tempo de duração é de 6 a 9 semestres de duração, dependendo do curso escolhido.

Agora que você conhece os três tipos de graduações disponíveis, já sabe qual vai seguir após o ensino médio? Lembrando que uma graduação pode complementar a outra, dependendo da área e profissão que você escolher!