Estudar / #JovemqueBatalha

MBTI: saiba como esse teste de personalidade pode ajudar no seu autoconhecimento

por Jessica Fradique

Você já deve ter ouvido falar sobre testes de personalidade, certo? Eles existem para que possamos entender um pouco mais sobre nós mesmos e nossas maiores aptidões e habilidades, além de nos ajudar a ver também quais são nossos pontos fortes e fracos.

E existe um teste muito popular no mercado de trabalho, que é o MBTI. Ele é utilizado tanto por recrutadores que querem entender melhor sobre seus candidatos quanto profissionais que querem saber melhor sobre seu perfil.

O que é o teste MBTI?

Também conhecido como o teste das 16 personalidades, o MBTI é um teste que foi desenvolvido no período da segunda guerra mundial por Katharine C. Briggs e Isabel B. Myers, que são mãe e filha. 

O teste é dividido em vários conceitos e apresenta 16 personalidades que são divididas em quatro dicotomias (que mostram nosso jeito de pensar e agir), que são: Extroversão e Introversão; Sensorial e Intuição; Razão e Sentimento e Julgamento e Percepção. Baseando-se nessas dicotomias, as criadoras do teste mostram que existem 16 personalidades e, cada uma delas, possui características específicas em como se comunicam, vivem, pensam e quais são seus possíveis pontos fortes e principais desafios e como ela resolve problemas.

Qual é a sua personalidade?

Ficou curioso para entender qual é a sua personalidade? Basta fazer o teste neste link. O teste é gratuito e leva apenas 12 minutos para ser concluído. Para que saia um resultado mais fiel, é importante que você responda todas as perguntas com muita sinceridade e evite colocar respostas neutras, que podem dificultar o resultado final.

Ao descobrir qual é a sua personalidade, você terá mais facilidade em entender quais são suas motivações, dificuldades e quais pontos te destacam do restante das pessoas. O teste também mostra que profissões fazem sentido com cada personalidade e também traz famosos com a mesma personalidade que a sua!

E aí, qual é a sua personalidade? Conta pra gente nos comentários!